2 em cada 10 médicos brasileiros têm mais de 60 anos e integram zona de risco da Covid-19

Vinte por cento dos médicos brasileiros têm mais de 60 anos, integrando o grupo mais atingido pela Covid-19. O dado foi obtido pelo BNews por meio da última pesquisa de demografia médica divulgada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Desta forma, dois em cada dez profissionais permanecem em atividade no país em meio à pandemia pelo novo coronavírus.
Ainda segundo o estudo, são quase 90 mil profissionais nessa zona de risco da Covid-19, sendo que 80% deste total tem entre 60 e 69 anos.
Nesta semana, o CFM liberou o uso de telemedicina como forma de combate ao vírus, além de garantia de proteção à saúde dos profissionais. A decisão, no entanto, é temporária e vale "em caráter excepcional e enquanto durar o combate à epidemia do COVID-19", disse o órgão.

Na Itália, segundos dados do Instituto Nacional de Saúde do País, 17 médicos já morreram por causa do vírus e há 3,6 mil profissionais da saúde infectados. Apesar de, no Brasil, a projeção é de que, a cada ano, a faixa etária dos médicos seja reduzida, ainda há preocupação com 20% da categoria que integra a zona de risco da Covid-19.

*BocãoNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário