440 litros de álcool em gel vendidos de forma irregular são apreendidos pela polícia

Cerca de 440 litros de álcool em gel comercializado e armazenado de forma irregular foram apreendidos por agentes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) nos bairros Boca do Rio e Pituba, em Salvador. O caso ocorreu nesta última segunda-feira (23).
De acordo com informações da delegada Maria Selam Lima, a unidade recebeu uma denúncia na última sexta-feira (20) e começou a monitorar o suspeito e o material que estava sendo vendido em uma rede social. Agentes do DCCP flagraram o proprietário de uma loja de produtos para informática comercializando álcool em gel, de forma irregular, no bairro da Pituba. Com o homem foram apreendidos 53 galões de cinco litros, 64 de um litro e 35 frascos de 300 ml. Parte do material foi apreendido em um galpão, no bairro da Boca do Rio. Além do comércio ilegal, o suspeito vendia o material por um preço abusivo. 

“Ele estava vendendo os galões de cinco litros, que custavam em média de R$ 50, por R$ 180. Além disso, ele fracionava o produto em frascos de 300 ml, caracterizando o manuseio irregular desse material”, afirmou a delegada Glória Isabel.
O álcool em gel foi encaminhado para a perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e o suspeito está á disposição da Justiça. As investigações continuam com objetivo de identificar outros possíveis envolvidos.

*VarelaNotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário