Buscas em Brumadinho são suspensas por conta do coronavírus

Pela primeira vez desde a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, as equipes de resgate interromperam as buscas por 11 desaparecidos.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a determinação do governo de Minas Gerais vale até que seja revogado o estado de emergência por conta do coronavírus.
De acordo com o G1, a barragem B1 da Mina Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro de 2019, deixando 270 vítimas, entre mortos identificados e desaparecidos.
Até este sábado, a maior operação de buscas do Brasil seguia sem interrupção. Segundo o Corpo de Bombeiros, os trabalhos envolvem cerca de 700 pessoas diariamente, entre bombeiros, funcionários da Vale e terceirizados, e a medida foi tomada para evitar aglomerações.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário