Em 84% das mortes por Covid-19 no Brasil, o paciente tinha doenças preexistentes

O balanço do Ministério da Saúde divulgado ontem (29) mostra que 84% das mortes no Brasil por coronavírus são de pessoas com ao menos um fator de risco, como doenças preexistentes.
Doenças cardíacas e diabetes foram as doenças associadas mais frequentes — estavam presentes em 71 e 50 pessoas que morreram, respectivamente. Em seguida, aparecem as pneumopatias (22) e doença neurológica (12).
Os dados da Saúde levam em conta 120 dos 136 óbitos registrados no país. Os 16 casos não analisados ainda estão em investigação dos técnicos da pasta.
O número de mortes de Covid associados a quadro de doenças pré-existentes é de 100 dentro do universo observado.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário