2 em cada 5 brasileiros deixaram de pagar uma conta no mês de abril

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Locomotiva mostra que 91 milhões de brasileiros, ou seja 2 em cada 5 pessoas, deixaram de pagar alguma conta no mês de abril, o que significa um aumento de 54% de endividados em comparação com março.

De acordo com o presidente do instituto, “a Covid-19 chegou na reta final de uma crise econômica e encontrou uma população sem poupança”. Ainda segundo ele, “quanto menor a renda, maior o endividamento relacionado a contas mais simples, como água, luz, aluguel ou carnês”.

O cartão de crédito e o cheque especial são as mais renegadas por brasileiros: 37% deles deixaram de pagar, o que pode agravar ainda mais a situação do devedor, já que são duas dívidas com juros muito altos.

Desemprego
E um estudo desenvolvido pela Universidade de São Paulo (USP) mostra que o problema ainda pode se agravar, já que 4 em cada 5 trabalhadores brasileiros podem perder o emprego ou a renda por causa da crise decorrente da pandemia do novo coronavírus

Esses 80% de trabalhadores incluem também aqueles que possuem vínculo formal com o empregador e agora se tornam vulneráveis e não mais apenas os com baixa escolaridade e especialização. O grupo mais frágil é o dos trabalhadores informais de atividades não-essenciais, um universo de 24 milhões, 25% da força de trabalho nacional.

*BocãoNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário