Consórcio do Nordeste vai pedir ao governo federal que acelere revalidação de diplomas médicos

O Consórcio do Nordeste, presidido pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), vai pedir ao governo federal, ainda na noite desta última quinta-feira (16), que acelere a revalidação para que médicos formados no exterior possam atuar no combate ao coronavírus no Brasil.

"Acabou agora há pouco uma reunião com governadores do Nordeste, com o comitê científico, que nos orientou a realizar um documento assinado pelos governadores de forma unânime, solicitando ao governo federal que autorize, de forma rápida, os médicos já formados, que fizeram curso no exterior, mas ainda não tiveram diploma validado", informou, por meio de transmissão on-line nas redes sociais.

Já há projetos apresentados na Câmara dos Deputados que pedem a aceleração do processo.

*BocãoNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário