Gusttavo Lima é processado por lives com propaganda irregular de bebida alcoólica

O cantor Gusttavo Lima está sendo alvo de uma representação ética do Conselho de Publicidade (Conar) por ter feito propaganda irregular de bebida alcoólica em suas transmissões ao vivo em redes sociais, chamadas de “Live Gusttavo Lima – Buteco em Casa” e “Buteco Bohemia em Casa”, nos dias 29 de março e 11 de abril.
O Conar alega que, durante a live, Gusttavo Lima não fez nenhuma restrição ao acesso do conteúdo a maiores de idade e a quantidade de álcool ingerida pelo cantor poderia estimular o consumo irresponsável pelo público.
O órgão afirmou ainda que recebeu denúncias de “dezenas de consumidores” reclamando que o artista não respeitou o Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária.
Em nota, o Conselho argumenta que as lives deveriam fazer “divulgação responsável de bebidas alcoólicas e sem fragilizar os cuidados para que não seja difundida a crianças e adolescentes”.

Gusttavo Lima e a Ambev, empresa patrocinadora das transmissões do cantor, poderão se defender ao Conselho de Ética ou mudarem de imediato o conteúdo publicitário das lives às regras éticas.

*Varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário