Ministério da Educação autoriza formatura antecipada para estudantes de medicina

O Ministério da Educação (MEC) autorizou hoje (6) a formatura antecipada dos estudantes de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia que estão no último período do curso. A medida servirá exclusivamente para atuação nas ações de combate contra o coronavírus. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira.
A medida tem validade para instituições federais e particulares. Segundo a portaria, a colação de grau pode ser antecipada aos alunos que tenham completado a 75% da carga horária de estágio supervisionado ou internato médico. A complementação desses horários de estágio será realizado com período trabalhado em função da pandemia do coronavírus para conseguirem o registro profissional definitivo.
Segundo a decisão, "a atuação dos profissionais é de caráter relevante e deverá ser bonificada, uma única vez, com o acréscimo de dez por cento na nota final do processo de seleção pública para o ingresso nos programas de residência". Caberá ao Ministério da Saúde a seleção e alocação dos profissionais que vão atuar no combate ao coronavírus.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário