Papa Francisco faz vigília de Páscoa sem fiéis ou batismo em meio à pandemia do novo coronavírus

O Papa Francisco fez a cerimônia solene de vigília de Páscoa na Basílica de São Pedro, no Vaticano, a partir das 16h (21h no Vaticano) neste último sábado (11). A celebração não teve a presença de fiéis nem batismos. As medidas são para evitar a disseminação do novo coronavírus. Na última sexta-feira, o Papa já havia celebrado a Paixão de Cristo com a Basílica de São Pedro vazia.
Além disso, a missa do Domingo de Páscoa (12 de abril), com a tradicional benção "Urbi et Orbi", também não reunirá fiéis. Segundo o Vaticano, as orações de Angelus podem ser vistas ao vivo no site do Vaticano até 12 de abril.
Desde a semana passada, o Papa Francisco realizou audiências gerais e o Angelus sem os fiéis para evitar a propagação do novo coronavírus.
O pontífice também tem mantido a distância prudente recomendada de seus interlocutores.
A basílica e a Praça de São Pedro permanecem fechadas, seguindo as recomendações das autoridades italianas. Segundo os dados deste sábado (11), compilados pela Universidade John Hopkins, há 152.271 casos confirmados do novo coronavírus na Itália e 8 no Vaticano.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário