Prefeito anuncia abertura da UPA para o dia 24; flexibiliza segmento comercial a partir de segunda e impõe condições para novas flexibilizações na quarta

Após nova reunião do Conselho Comunitário Municipal na manhã deste sábado (11), a Prefeitura de Santo Antônio de Jesus definiu novas medidas para o controle e prevenção ao COVID-19 (novo coronavírus).

Considerando o novo boletim epidemiológico do município divulgado neste sábado (11) com 23 casos descartados, 0 aguardando resultados e 0 confirmados; o boletim nº 07/2020 do Ministério da Saúde com novas recomendações para cidades onde não há casos confirmados; e considerando também que na próxima segunda-feira (13) completam-se 22 dias de suspensão do funcionamento do comércio na cidade, ficaram estabelecidas:

• Abertura da Unidade de Pronto de Atendimento (UPA) no próximo dia 24;

• Flexibilização do funcionamento dos estabelecimentos do segmento de material de construção, a partir de segunda-feira (13), exclusivamente das 8h às 13h, podendo o município decidir pela reabertura dos demais estabelecimentos, a partir de quarta-feira (15), mediante o cumprimento das condições estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde, como: exigência de distribuição de máscaras aos colaboradores, liberação de colaboradores que compõem grupos de risco; organização das filas, inclusive, na parte externa dos estabelecimentos, dentre outros.

A decisão leva em conta o compromisso assumido pelas Entidades Empresariais em relação aos protocolos sanitários e o cumprimento dos planos de contingência por parte das indústrias, conforme boletim da Vigilância Sanitária.

O novo decreto poderá ser revogado a qualquer momento, caso haja mudança no cenário epidemiológico e/ ou descumprimento das medidas por parte dos estabelecimentos.

A flexibilização do funcionamento do comércio se baseia também no aumento do número de opiniões favoráveis a reabertura dentro do Conselho Comunitário Municipal como, por exemplo, do Sindicato dos Comerciários, que se posicionou favorável ao funcionamento parcial mediante o cumprimento das medidas preventivas.

- “A decisão de prorrogar até quarta-feira e possível flexibilização deve-se a necessidade do equilíbrio na dosagem das medidas levando-se em consideração que estamos diante de duas graves crises, do ponto de vista de saúde pública e também diante de uma profunda crise econômica.” – Afirmou o Prefeito Rogério Andrade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário