Prefeito prorroga decretos de quarentena até 4 de maio em Salvador

O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou a prorrogação, até o dia 4 de maio, dos decretos que determinaram o período de quarentena em Salvador. As medidas determinaram a suspensão das atividades em shoppings e estabelecimentos correlatos e dos clubes sociais, recreativos e esportivos.
A gestão municipal também proibiu o comércio nas praias e suspendeu as atividades comerciais de rua em lojas com mais de 200 metros quadrados, com exceção das lojas de material de construção e limpeza, farmácias e aquelas que vendem insumos para a saúde, oficinas e autopeças, supermercados, padarias, açougues e pet shops.
"Ainda não chegou o momento de flexibilizar essas medidas, o que pode
acontecer no futuro. Estamos nos preparando para isso, inclusive com essas novas determinações sobre o uso das máscaras", argumentou ACM Neto.
Esta semana, o prefeito já havia prorrogado, também para o próximo dia 4, o decreto que determinou a suspensão das aulas em escolas e universidades, do funcionamento das academias e de equipamentos culturais, como teatros e cinemas.
"Todos os decretos iriam confluir até o dia 4 de maio, para que a gente tenha um marco para todas as determinações de suspensão e restrição que foram impostas pela prefeitura", declarou o gestor municipal.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário