Sofre de hipertensão? Dez alimentos que tem de parar já de comer

Apressão arterial elevada afeta 25% dos portugueses. Frequentemente, os sintomas da condição surgem devido à adoção de um estilo de vida pouco saudável.
Sedentarismo, fumar e obesidade são fatores que contribuem para a incidência da hipertensão, enquanto uma alimentação saudável ajuda a reduzir naturalmente a pressão alta.

Mas afinal, que alimentos deve evitar para diminuir o risco de desenvolver a condição?

O Sistema Nacional de Saúde britânico (NHS) divulgou na sua página online uma lista de 'alimentos proibidos' para quem sofre de hipertensão.

Alimentos desaconselhados:

- Fritos;

- Queijo;

- Produtos de laticínios, como por exemplo presunto, salame ou chouriço;

- Alimentos enlatados;

- Doces;

- Frutos secos;

- Carne vermelha e processada como hambúrgueres, bacon ou salsichas;

- Cubos de temperos prontos para culinária;

- Molhos, como ketchup, maionese, mostarda e de soja;

- Bebidas alcoólicas, refrigerantes, batidos, bebidas energéticas e sucos.

Sal: O grande vilão

Segundo os especialistas deverá sobretudo cortar no sal.

O consumo de sal faz com que o corpo armazene água em excesso, o que por sua vez eleva a pressão arterial. Mais ainda, os alimentos ricos em sódio podem colocar outros órgãos sob pressão.

Inúmeras pesquisas sugerem ainda que o excesso de sódio no organismo poderá impedir que a medicação tomada tenha o efeito desejado.

De acordo com o NHS, os adultos não devem consumir mais de seis gramas de sal por dia (2,4 gramas de sódio) – o que equivale a cerca de uma colher de chá.

Ter a tensão alta danifica as artérias, tornando-as mais duras e estreitas, o que consequentemente aumenta o risco de ataque cardíaco e de AVC.

*NotíciasaoMinuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário