MP investiga batom que promete emagrecer até 6 kg e é vendido por empresa de apresentadora

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) vai apurar uma situação envolvendo Lip4Slim, um batom anunciado como redutor de gordura corporal para perda de peso rápida vendido pela empresa de Viviane Salvetti, ex-apresentadora e influencer, que já esteve no ar na Rede Brasil e Record News.

O MP-SP resolveu investigar o produto após a denúncia de um consumidor e instaurou um inquérito civil para depois, se necessário, processar a marca. Pelas redes sociais, a tal marca do batom milagroso diz ser aprovada pela Anvisa e já tem mais de 104 mil seguidores.

A Agência nacional de vigilância sanitária explicou à Coluna do Leo Dias que "emagrecimento" é uma característica de medicamentos. Por isso, um produto com essa característica deve ser aprovado pelo órgão como medicamento e o Lip4Slim está notificado apenas como cosmético. Batons são produtos notificados, que é um procedimento mais simples, não envolve avaliação prévia da Anvisa e acontece para produtos de baixas complexidade e risco.
A marca argumenta que apenas a embalagem está em desacordo com a lei por dizer que o batom é "redutor de gordura" e as caixas com essa inscrição foram feitas no primeiro lote do produto e desenvolvidas por uma empresa terceirizada. A LipSlim ainda afirma que retirou de circulação esse lote e irá mudar a embalagem. Porém, no site do tal batom é possível ver na aba de "ciência" a afirmação que o cosmético possui uma fórmula "potente e exterminador de gordura corporal, regulamentado pela ANVISA e aprovado em 89% de eficácia por um dos melhores laboratórios de testes do país".

*BocãoNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário