Pompeo diz haver provas que coronavírus surgiu em laboratório na China

O secretário de Estados dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou ontem (3) que há uma "enorme quantidade de provas" de que a pandemia do novo coronavírus foi originada em um laboratório de Wuhan, na China, primeiro epicentro da Covid-19.

"Acho que todo mundo pode ver isso agora. Lembrem, a China tem histórico de infectar o mundo e administrar laboratórios de baixa qualidade", disse Pompeo. "O presidente Trumo é muito claro: faremos os responsáveis pagarem", afirmou ao finalizar a entrevista.

O presidente norte-americano, Donald Trump, criticou diversas vezes o papel da China na pandemia, que já infectou quase 3,5 milhões de pessoas pelo mundo e matou mais de 240 mil.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário