Trump diz que pretende retirar restrições de viagens que atingem o Brasil 'assim que possível'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta última sexta-feira (29) que pretende retirar as restrições de viagens impostas a quem chega em solo norte-americano pelo Brasil "assim que for possível". No entanto, ele não deu nenhuma data para voltar atrás da medida nem disse se haveria um critério para a retomada.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, os EUA começaram na quarta-feira a barrar a entrada de pessoas que estiveram no Brasil até 14 dias antes de pousar em solo norte-americano. As restrições incluem cidadãos dos EUA, parentes ou pessoas com visto permanente.

Bolsonaro 'seguiu caminho diferente'
Perguntado pela repórter Raquel Krähenbühl, da GloboNews, sobre a posição do governo brasileiro contrária a medidas como lockdown em um momento de escalada da pandemia, Trump se limitou a dizer que o presidente Jair Bolsonaro "seguiu um caminho diferente", mas que "não queria ser um crítico".

"[O Brasil] está passando por tempos difíceis. É um grande país, com um grande povo", comentou o presidente dos EUA.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário