Brasil completa mais de 15 dias sem um ministro da Saúde em meio à pandemia da Covid-19; casos aumentam em 113%

Após o pedido de exoneração de Nelson Teich, ex-ministro da Saúde, que aconteceu no dia 15 de maio deste ano, o Brasil está, até então, sem um titular na pasta. Durante esse período, o general Eduardo Pazuello está sob a guarda interina do Ministério, e tudo isso durante a pandemia da Covid-19. No último sábado (30), completou uma quinzena que a pasta está sem um titular, durante esse período sem comando no Ministério da Saúde, o número de casos confirmados da doença causada pelo vírus no Brasil cresceu em 113%, enquanto que o número de óbitos cresceu em 88%. 

Os dados foram publicados pelo Estadão.

Na última semana, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou que o general Pazuello, que não possui formação técnica relacionada à saúde, ficará “por muito tempo” no comando temporário do Ministério.

*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário