Famílias brasileiras estão mais endividadas em 2020 do que em crise de 2014; cartão de crédito é o maior vilão

Uma pesquisa feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontou que o percentual de famílias brasileiras com dívidas pendentes aumentou em junho de 2020 e alcançou novo recorde: 67,1% tem valores em aberto no cartão de crédito, cheque pré-datado, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal ou prestação de carro e seguro. Esse número é o maior desde o auge da crise econômica de 2014.

O maior vilão segue sendo o cartão de crédito, que foi apontado por 76,4% dos que têm renda familiar mensal de até dez salários mínimos, e por 75,3% dos que recebem mais que isso.
O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso chegou a 25,4%, maior número desde dezembro de 2017.

*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário