General Rêgo Barros deve deixar cargo de porta-voz do governo, diz coluna

O governo federal deve continuar com as mudanças na parte da comunicação e uma delas deve ser a saída do general Rêgo Barros do cargo de porta-voz. A informação é de Lauro Jardim, do jornal O Globo. 

A atuação do general tem sido tímida durante a crise do coronavírus, mas ele também já estava apagado antes da pandemia chegar ao país. Sua mudança deve ser concretizada em até duas semanas.

Ainda segundo a publicação, Rêgo Barros nunca teve boa relação com Fabio Wajngarten, chefe da Secom.
Vale lembrar que o Ministério das Comunicações foi recriado pelo presidente Jair Bolsonaro e ficará a cargo do deputado federal Fábio Farias.

*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário