Governo recupera quase R$ 30 milhões em devolução do auxílio emergencial; entenda

O governo federal recuperou, até a noite da última sexta (12), cerca de R$ 29,65 milhões do auxílio emergencial pagos a pessoas que não se enquadravam nos critérios para o recebimentos dos R$ 600 do benefício.
As devoluções foram feitas por meio do site devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br por 39.517 pessoas. Desse total, 23.643 foram militares, que somaram 15,2 milhões de reais em devoluções.

“De 7 de abril a 7 de junho, encontramos 34 milhões de pessoas que eram invisíveis ao estado. Para chegar a elas, rodamos 120 milhões de CPFs. Claro que, nesse universo, há pessoas que se enganam, outras que agem de má-fé e um grupo incluído de forma equivocada”, explicou o ministro da cidadania, Onyx Lorenzoni.
Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que 8,1 milhões de brasileiros receberam indevidamente os 600 reais. Para solicitar a devolução de valores pagos fora dos critérios estabelecidos na lei, a pessoa precisa acessar o site e inserir o CPF do beneficiário.

Depois de preenchidas as informações, será emitida uma Guia de Recolhimento da União (GRU), e o cidadão poderá fazer o pagamento nos diversos canais de atendimento do Banco do Brasil, como a internet e os terminais de autoatendimento, além dos guichês de caixa das agências.

*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário