Grupo Anonymous divulga dados pessoais de Bolsonaro, dos filhos e de ministros

O presidente Jair Bolsonaro, seus três filhos, e outras personalidades ligadas a ele foram alvo do grupo hacker Anonymous Brasil na noite desta segunda-feira (1º). 

Os números dos celulares, CPFs (Cadastros de Pessoa Física) endereços, bens declarados, participação em empresas e até dívidas deles foram divulgadas nas redes sociais.

Pouco tempo após o vazamento, a conta do Twitter da Anonymous Brasil foi retirada do ar. O grupo criou uma nova conta e compartilhou uma piada contendo o slogan do presidente: “Hack acima de tudo, dados acima de todos”.

O deputado federal Douglas Garcia, umas vítimas do vazamento, confirmou a veracidade dos dados e afirmou que procuraria autoridades policiais.

"Anonymous Brasil, de forma criminosa, acaba de divulgar todos os meus dados nas redes sociais. Para que colocar os meus familiares em risco? Para que divulgar o endereço de minha casa? Os lugares em que trabalhei? Estou indo agora mesmo na delegacia fazer um boletim de ocorrência", escreveu em seu Twitter.

Além de Bolsonaro e dos filhos Carlos, Flávio e Eduardo, foram alvos dos vazamentos os ministro da Educação (Abraham Weintraub) e Mulher (Damares Alves), o empresário Luciano Hang e o deputado Douglas Garcia.

*bahianoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário