OMS se pronuncia e nega que assintomáticos não transmitem coronavírus; taxa pode chegar a 40%

A Organização Mundial da Saúde (OMS) se pronunciou e negou que pacientes com coronavírus que estejam assintomáticos não transmitem o vírus. Conforme a agência de Saúde, nesta terça-feira (09), o que não se sabe é qual proporção dessas pessoas tem capacidade de contaminar outras.

O assunto entrou em discussão após a chefe do programa de emergências da OMS, Maria van Kerkhove, afirmar que algumas pesquisas indicavam que a chance de pacientes assintomáticos transmitirem a doença era “rara”. Contudo, Van Kerkhove citou apenas um estudo de pequeno porte, que mostrou que dos 63 pacientes assintomáticos estudados na China, apenas 9 (14%) conseguiram infectar outras pessoas.

Nesta terça, ela disse que a OMS não orientou nenhuma mudança nas recomendações dadas anteriormente para impedir os avanços da doença.
Ainda segundo van Kerkhove, a maior parte da transmissão vem de pessoas que apresentam sintomas, no entanto, assintomáticos também podem transmitir, a questão é saber quanto. Estudos mostram que os números podem variar de 6% a 41%. “O que sabemos é que algumas pessoas que não têm sintomas podem transmitir o vírus”, frisou.

*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário