Ônibus de São Paulo entra no interior baiano com 10 infectados pela covid-19

Um ônibus saiu de São Paulo com destino a nove cidades baianas, com, pelo menos, 10 contaminados pela covid-19. Dos infectados, nove tinham como destino final a cidade de Nova Soure. O município, que antes tinha 15 casos, ganhou também um décimo vindo de São Paulo, em outro veículo, passando para 25 no boletim epidemiológico divulgado no último domingo. O ônibus da empresa Moacir Tur, que fez a viagem de forma clandestina, saiu do lado de fora da rodoviária de Socorro, na capital paulista, na sexta-feira de manhã, com 32 passageiros.

Desses, 14 (nove contaminados e cinco que tiveram contato com eles) desembarcaram no sábado à noite em Nova Soure. As outras 18 pessoas desembarcaram em outras oito cidades: um homem em Santo Estevão, um homem em Feira de Santana, um homem em Alagoinhas, um homem em Sátiro Dias, quatro mulheres e três homens em Inhambupe, duas mulheres em Cipó, uma mulher e um homem em Crisópolis, e três homens em Olindina.

Essa última cidade também teve um caso de coronavírus vindo do veículo, o que foi confirmado pela secretária de saúde do município, Sheila Matos de Oliveira.
Nova Soure e Olindina fazem divisa entre si e estão localizadas no nordeste da Bahia, com uma população de cerca de 25 mil cada. Já a secretaria de Saúde de Cipó, cidade de 15 mil habitantes, informou que as duas passageiras testaram negativo e estão sendo monitoradas. A cidade possui cinco casos de coronavírus, três vieram de São Paulo.

Em Nova Soure, dois outros casos da doença foram registrados, totalizando 27 infectados. Desses, 25 são casos importados: um de Salvador, um de Curitiba e 23 de São Paulo. As outras duas pessoas se contaminaram em contato com os casos importados e uma precisou ser internada e transferida para o hospital de campanha do Governo do Estado montado na Arena Fonte Nova. Todos os outros registros são de casos leves, assintomáticos ou já curados.

*Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário