Prefeitura de Paulo Afonso fecha comércio e proíbe abertura até de supermercado e bancos

A Prefeitura de Paulo Afonso publicou decreto na última quarta-feira (10) que proíbe o funcionamento do comércio, atividades turísticas, religiosas e de lazer na cidade, como medida para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), entre os dias 13 e 17 de junho.

No município, nem mesmo serviços considerados essenciais poderão abrir, como supermercados, atacados, mercadinhos, hortifrútis, conveniência de postos de gasolina. Além disso, instituições financeiras como bancos e lotéricas também não terão liberação para funcionar.

As feiras livres vão sofrer alterações. O mercado público (Ceapa), a feira coberta e a feirinha funcionarão exclusivamente na sexta-feira (12) e a feira da Ceasa (BTN) será antecipada para o sábado (13). O horário será das 6h às 12h.

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, Paulo Afonso tem 68 casos confirmados da doença e uma morte em decorrência do vírus.

*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário