Recontagem de casos de Covid-19 vai indicar mais mortes, diz Teich

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich afirmou ontem (8) que a pasta teve sua posição de liderança enfraquecida com a revisão do método de divulgação de casos e mortes de Covid-19.

"Não acredito que vá haver redução do número de casos. Você tem que mapear as mortes todas. É mais provável que tenham mais mortes do que menos mortes", afirmou à CNN.

O ex-ministro disse acreditar que a pasta "vai rever a posição", mas que "a única consequência prática" é que o ministério pode ter "enfraquecido sua posição como liderança". "Isso é uma coisa que [o ministério] tem que resgatar", defendeu.
*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário