Salvador identifica 82 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil durante pandemia

A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) identificou 82 crianças e adolescentes em condição de trabalho infantil desde o início da pandemia de Covid-19, no período entre 14 de março e 5 de junho. Também foram flagradas 116 crianças e 52 adolescentes vivenciando algum tipo de violação de direito.

Os dados são do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), que realiza abordagens diariamente, mesmo durante a pandemia. Os casos foram encaminhados para os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e Conselhos Tutelares.

“Nós trabalhamos com ações de conscientização, através das equipes do serviço especializado de abordagem, a fim de evitar todo e qualquer tipo de violação de direitos, em especial o trabalho infantil e violência sexual contra crianças e adolescentes. A garantia dos diretos das nossas crianças é fundamental no trabalho desenvolvido pela Sempre”, afirmou a titular da pasta, Juliana Portela.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário