Vacina tríplice viral pode proteger contra o coronavírus, dizem cientistas

A vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola, pode prevenir também a infecção pelo novo coronavírus, segundo cientistas citados pelo jornal britânico "The Sun". A informação foi divulgada pelo portal Yahoo.

A imunização pode ser a razão pela qual as crianças não são severamente afetadas pela Covid-19, dizem os especialistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. No Brasil a vacina é administrada aos bebês com 12 meses de idade, com a segunda dose aos 15 meses.

Os pesquisadores descobriram que as principais proteínas dos vírus de sarampo, caxumba e rubéola têm uma similaridade com proteínas do coronavírus.

O estudo ainda não foi revisado por outros cientistas, e diz que administrar a tríplice viral a grupos etários de risco ainda precisa de considerações adicionais para ser classificada como uma intervenção segura e apropriada.
Os especialistas reiteraram que ainda são necessárias pesquisas detalhadas para determinar se a vacina pode reduzir a gravidade da Covid-19.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário