Bahia é escolhida para sediar desenvolvimento de vacina contra coronavírus

A Bahia será um dos três centros na América Latina para desenvolvimento da vacina contra o coronavírus iniciada pela multinacional Pfizer. A pesquisa será conduzida pelo médico e cientista Edson Moreira, do Hospital Santo Antônio das Obras Sociais de Irmã Dulce.

O estudo será apoiado pelo Governo do Estado, por meio de um convênio de cooperação técnica com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), no valor de R$ 500 mil.

A pesquisa vai contar, inicialmente, com mil voluntários baianos, mas esse número pode chegar a 5 mil em um período de três meses.
O estudo, iniciativa da farmacêutica Pfizer, é uma parceria com a empresa alemã bioNTech, que já obteve resultados positivos em testes com vacina que utiliza fragmento genético do vírus.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário