Caixa e Banco do Brasil atingem limite do Pronampe, e CEF recebe acréscimo

A Caixa informou que bateu ontem (9) às 12h, o marco de R$ 3,18 bilhões em créditos contratados por meio do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Assim, o banco esgotou o limite que havia sido liberado inicialmente para operar a linha, mas recebeu do Ministério da Economia um acréscimo de limite, que passou a ser de R$ 4,24 bilhões. A informação foi divulgada pelo portal G1.

Nesta semana, o Banco do Brasil (BB) também atingiu a cota inicialmente reservada. O Pronampe tem R$ 18,7 bilhões reservados, dos quais R$ 15,9 bilhões foram aportados pelo Tesouro no Fundo Garantidor de Operações (FGO), gerido pelo BB, para garantir as operações.

A Caixa informou que além do Pronampe, a instituição liberou R$ 1,8 bilhão por meio do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (Fampe), linha disponibiliza em parceria com o Sebrae.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário