Fiocruz identifica três linhagens diferentes do coronavírus que entraram no Brasil pela Amazônia

Três linhagens diferentes do novo coronavírus foram identificadas na Amazônia desde a chegada da Covid-19 no país. Isso é o que indicam análises e sequenciamentos de DNA realizados pela Fundação Oswaldo Cruz em amostras de pacientes infectados nos estados do Amazonas e de Rondônia.

O estudo dos genomas apontam que o vírus deve ter sido “importado” de países da Europa, mas de locais diferentes. Por essa razão, concluiu-se que diferentes tipos entraram na região.

A pesquisa da Fiocruz agora concentra esforços em entender a origem exata das três linhagens, além da data de chegada de cada uma à região amazônica.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário