Mutuípe: Homem dispara com arma de fogo em hospital após pedido de visita negado

Um homem ainda não identificado efetuou disparos de arma de fogo dentro do Hospital Maternidade Clélia Rebouças, em Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, após ir ao local para visitar o pai, por volta das 5h de domingo (19), e ter o pedido negado, por causa do horário. Apesar do susto, não houve feridos.

O caso foi registrado na delegacia da cidade na manhã desta segunda-feira (20). Segundo Luciana Freitas, diretora da unidade médica, o homem fez dois disparos na direção de um funcionário. As informações são do portal G1.

"O rapaz chegou na unidade por volta de 5h, solicitando fazer visita ao pai. Como não é permitido horário de visita nesse período, nesse horário, ele prontamente sacou a arma e disparou dois tiros contra o funcionário da recepção", disse.

"Os tiros foram dados dentro da recepção do hospital, em direção ao funcionário da recepção, mas o mesmo não foi atingido", completou o diretora.

Ainda de acordo com a diretora, o homem usava máscara e boné durante o ataque, o que dificulta a identificação. Ele fugiu em seguida aos disparos. Não há informações se havia pacientes na recepção na hora do ataque.

A unidade afirmou que tem câmeras de segurança, que deverão ser usadas pela Polícia Civil durante as investigações.

"Ele queria adentrar o hospital para ficar com o pai. Quando recebeu a negativa, sacou o revólver da cintura e efetuou dos disparos na parede do hospital. O caso está sendo apurado", disse a delegada Corina Lopes Oliveira.

O local passará por perícia. O funcionário que seria o alvo dos tiros prestará declaração sobre o caso nesta segunda.

*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário