SAJ: Mercados da Feira Livre também serão fechados por 09 dias, esclarece secretário

A Prefeitura de Santo Antônio de Jesus publicou em decreto na noite desta segunda-feira (13) o regramento para suspensão das atividades comerciais na Feira Livre, medida anunciada na última sexta-feira (10) pelo Prefeito Rogério Andrade.
A partir da próxima quinta-feira (16), fica determinada, por 09 (nove) dias, a suspensão de todas as atividades comerciais, à exceção das farmácias, na área da Feira Livre e nas Ruas Mons. Antônio Oliveira, Alan Kardec, Mons. Francisco Manoel e Praça Duque de Caxias. “O que vende nos mercados são os produtos essenciais, o que vende nos galpões também não produtos essenciais. Então, se nós fechamos os galpões, nós não podemos deixar os mercados abertos.
Na verdade, seria incoerente, se fechássemos os galpões e deixássemos os mercados da Feira abertos, pois precisamos fazer uma ação como um todo na feira”, explicou o secretário Marcos Có, em entrevista ao Programa do Valente nesta terça-feira (14).

Durante o período de fechamento, a Feira passará por uma reorganização com: higienização completa, substituição de 100 barracas que terão novo distanciamento, distribuição de EPI’s, capacitação sobre COVID-19 para os feirantes, entre outras ações. “Iremos fazer uma higienização de toda a feira. Precisamos fazer um trabalho forte. Agora, chegou a vez da Feira Livre”, disse o secretário de Agricultura, Marcos Có, em entrevista ao Programa do Valente. Ele ainda disse que os agricultores irão receber kit´s de proteção com máscaras, tocas e aventais.
O descumprimento das medidas estabelecidas no decreto poderá incidir em advertência, multa de R$ 1 mil a R$ 30 mil, interdição do estabelecimento e suspensão do alvará de funcionamento pelo prazo de 03 a 30 dias.
Blogdovalente 

Nenhum comentário:

Postar um comentário