Bolsonaro assina MP para produzir de 100 mi de doses da vacina contra Covid de Oxford

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou nesta última quinta-feira (6), em Brasília, uma Medida Provisória (MP) que garante um acordo para a produção de 100 milhões de doses para a vacina contra o coronavírus que vem sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

O evento contou com a presença do ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello. “Esse é um acordo de transferência de tecnologia. Isso significa que estamos garantindo a produção e entrega, inicialmente, de 100 milhões de doses, além de trazer para o país a capacidade de utilizar na indústria nacional essa tecnologia e dar sustentabilidade ao programa brasileiro de imunizações”, afirmou o titular da pasta.

“Passamos a fazer parte deste seleto grupo. A nossa contrapartida, basicamente, é financeira no momento, com algumas pessoas também, mas basicamente financeira. São quase R$ 2 bilhões. Talvez em dezembro ou em janeiro existe a possibilidade da vacina, e daí este problema estará vencido poucas semanas depois”, disse Bolsonaro.

O chefe de Estado também aproveitou para cutucar o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), que fechou parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, para a produção da coronavac (leia mais aqui). “Diferente daquela outra que um governador resolveu acertar com outro país, vem a tecnologia para nós. Junto com os meios que nós temos, nós temos como dizer que fizemos o possível e o impossível para salvar vidas, ao contrário daqueles que teimam em continuar na oposição desde 2018 dizer o contrário”, atacou.

*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário