Itacaré, no sul da Bahia, tem reabertura gradual do turismo após cinco meses de suspensão das atividades

O turismo na cidade de Itacaré, no sul da Bahia, começou a ser retomado nesta sexta-feira (14), de forma gradual, após cinco meses de suspensão das atividades. O decreto foi publicado pela prefeitura na quinta (13).

De acordo com a prefeitura, neste primeiro momento, o acesso a Itacaré continua sendo controlado, com barreira sanitária na entrada da cidade. A cidade também está com toque de recolher, das 0h até às 5h.

A prefeitura informou que os turistas devem ter seguro viagem ou plano de saúde, se submeter a um teste de temperatura e assinar um termo de responsabilidade, caso tenham algum problema relacionado à Covid-19. Só entra na cidade com apresentação do voucher do meio de hospedagem, que precisa atender a todos os protocolos de segurança.

Uma das exigências da prefeitura para hotéis e pousadas é que, para reabrir, o estabelecimento precisa ter o Selo Turismo Seguro Itacaré, que visa certificar os estabelecimentos do setor turístico do município de acordo com os cumprimentos de critérios para adequação das suas instalações e procedimentos para atender protocolos sanitários, de segurança e qualidade no atendimento.

Os hotéis e pousadas só poderão funcionar com 30% da capacidade, enquanto as cabanas de praia poderão abrir com 50% da capacidade. Bares e restaurantes precisam escolher se funcionam no horário de almoço ou no horário do jantar.

Segundo a prefeitura, ainda não está permitido passar o dia nas praias ou na cidade. Sendo assim, a entrada será autorizada apenas com comprovação de reserva nos meios de hospedagem cadastrados ou com selo.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário