Liminar desbloqueia bens da família de Neymar após acusação de sonegação de impostos

A família do atacante Neymar teve seus bens desbloqueado após a cobrança da Justica de uma multa de R$ 88 milhões ter sido suspensa. Imóveis, aeronaves e outros bens dos parentes do jogador estavam bloqueados devido acusação de sonegação de impostos.

Segundo publicação feita pelo GE, a liberação foi concedida através de liminar na Justiça solicitada pela defesa de Neymar e seus familiares. O bloqueio de bens foi consequente de processo da Receita Federal para garantir créditos suficientes para cobertura de uma multa por suspeita de sonegação de impostos pela família.

Parte da multa foi recorrida por Neymar no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) e, enquanto a família admitia o pagamento de uma dívida de R$ 8,7 milhões a Receita recalculou, com juros, que a multa ainda chegava a R$ 88 milhões.
Os pais de Neymar são sócios de empresas que tiveram o fim do arrolamento anotados em suas fichas cadastrais entre o último mês de julho e este mês de agosto. Os bens, incluindo mansões e aeronaves da família, estavam suspensos desde 2015.

Segundo a defesa do jogador e de seus parentes, a liminar conseguiu o desbloqueio dos bens e suspensão da dívida porque parte do valor cobrado já foram pagos na Espanha, enquanto Neymar defendia o Barcelona, e ainda serão compensados no órgão brasileiro. A Procuradoria da Fazenda recorreu a liminar que favorece a família do jogador.

*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário