Associação de cegos critica nota de R$ 200 por ter mesmo tamanho que cédula de R$ 20

As associações de deficientes visuais criticaram a nota de R$ 200, lançada na última quarta (2) pelo Banco Central, é decorrência do seu tamanho, que é igual às das cédulas de R$ 20.

As cédulas têm tamanhos diferentes para facilitar a diferenciação por parte de deficientes visuais. Com o mesmo tamanho da nota de R$ 20, a nova cédula de R$ 200 gera confusão.

"Isso reduz muito a autonomia e descumpre a lei brasileira de inclusão. Se não tinha equipamento para fazer maior do que a de R$ 100, não poderia ter feito no tamanho de R$ 20", afirma Beto Pereira, presidente da Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB), ao G1.
A ONCB pretende acionar o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) e deputados federais parceiros da causa para que as próximas séries da nota de R$ 200 tenham melhores mecanismos de acessibilidade.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário