Coronavírus: Senado aprova MP que prevê teto de R$ 100 mil para obras sem licitação

O Senado aprovou ontem (3) a medida provisória que prevê o teto de R$ 100 mil para obras executadas pelo poder público sem licitação durante a pandemia de coronavírus, ou seja, a mudança vale somente durante a vigência do decreto de calamidade pública.

A MP já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e agora segue para sanção do presidente. Antes da MP o limite era de R$ 8 mil ou R$ 15 mil, conforme o tipo de obra.

A medida está em vigor desde maio, quando foi editada pelo governo, e também autoriza o pagamento antecipado a empresas que firmarem contratos com o poder público. Segundo o texto, o teto e o pagamento antecipado poderão ser adotados em todos os níveis da administração pública: contratos da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.
*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário