Espanha impõe medidas restritivas de circulação para conter casos de Covid-19


Medidas restritivas para tentar conter a disseminação do coronavírus foram retomadas na Espanha. Em alguns bairros de Madri e Região metropolitana os cerca de 850 mil moradores só poderão sair de casa por motivos essenciais como trabalhar, ir ao médico ou levar filhos à escola. 

As medidas passaram a valer nesta última segunda-feira (21). A previsão é de que as restrições de circulação durem duas semanas. O descumprimento das regras será punido com multas de pelo menos 600 euros (cerca de R$ 3.800), traz reportagem do G1. Conforme painel da universidade americana Johns Hopkins, a doença já causou a morte de mais de 30 mil pessoas na Espanha. 
Ainda conforme a reportagem, a Espanha tem visto os números de infectados voltarem a crescer. O jornal “El País” publicou que o mês de junho foi “tranquilo” em Madri em relação à pandemia. 
Em julho, os casos começaram a reaparecer enquanto as cidades. “Em agosto, o vírus reapareceu e multiplicou a sua incidência por 15. Nas primeiras semanas de setembro, o ritmo se manteve e em toda a área metropolitana supera os 530 casos por 100 mil habitantes”, descreve o jornal.

*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário