Estudo aponta que dengue pode promover imunidade contra coronavírus


Um novo estudo, ainda não publicado, sugere que quem já foi exposto à dengue pode ter algum nível de imunidade contra o coronavírus. As informações são da agência Reuters. 

A pesquisa, conduzida pelo neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, professor e pesquisador na Universidade de Duke (EUA), comparou a distribuição geográfica da covid-19 com a propagação da dengue nos anos de 2019 e 2020. 

Os dados mostram que em estados como Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, com alta incidência de dengue no ano passado e no início deste ano, a COVID-19 demorou mais para chegar a um alto nível de transmissão comunitária do que em estados como Amapá, Maranhão e Pará, que apresentaram menos casos da doença.

“Se provada correta, essa hipótese pode significar que a infecção por dengue ou uma imunização com uma vacina de dengue segura e eficiente pode produzir algum nível de proteção imunológica contra o coronavírus", disse o estudo.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário