Mais dois terremotos foram registrados nesta quarta-feira 02 e chega ao número de 22 contabilizados pela Sudec

Na tarde desta quarta-feira (02) dois novos terremotos foram registrados nos municípios de Amargosa e São Miguel das Matas, no território do Vale do Jiquiriçá. O primeiro por volta das 13:40 foi registrado pelo Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com magnitude de 1.8 e o segundo foi confirmado pela Defesa Civil do Estado (Sudec) por volta das 16:40 na comunidade do Tabuleiro da Boa Vista, zona rural de São Miguel das Matas e teve 1.7 de magnitude.
Conforme a Rede Sismográfica Brasileira, o número total de eventos na Bahia, até esta quarta, chegou a 21. Com o caso contabilizado pela Sudec, o número chega a 22.
A Defesa Civil do Estado (Sudec) informou nesta quarta-feira (2) que os sismógrafos – instrumentos que identificam vibrações no solo – devem entrar em funcionamento até o próximo domingo (6). Segundo o superintendente do órgão, Paulo Luz, os equipamentos já foram testados por uma equipe do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que faz parceria técnica com a Sudec.
Várias residências ficaram danificadas após os terremotos dos últimos dias na região do Vale do Jiquiriçá, mas os municípios de São Miguel das Matas teve cerca de 70 casas tiveram comprometimento na estrutura e Amargosa 11 casas foram danificadas.
Equipes da prefeitura de São Miguel das Matas, estão realizando as manutenções das casas que não tiveram perda total decorrente dos tremores de terra que causaram danos a diversas residências no município.

Criativa online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário