Mourão afirma que Inpe está se 'contradizendo' sobre queimadas na Amazônia

O vice-presidente Hamilton Mourão disse ontem (11) que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) está se "contradizendo" sobre os dados de desmatamento da Amazônia.

"O que acontece é o seguinte: o Inpe está se contradizendo, porque os dados que me são repassados, que são os dados do Inpe... O dado que a gente tem hoje é de 1º de janeiro a 31 de agosto — dados de setembro é só no final do mês — houve uma redução de 7% das queimadas, do número de focos de calor " disse Mourão, acrescentando que pretende fazer um sobrevoo na região em setembro.

No entanto, uma reportagem divulgada pelo jornal O Globo com base em dados mais recentes do instituto, apontam que no período de 1º de janeiro a 9 de setembro deste ano foram registrados 56.425 focos de incêndio na região, maior número desde 2010.
Quando observadas as estatísticas somente até agosto, como fez Mourão, o número deste ano é 6% menor que o de 2019.

Os dados atualizados contradizem o conteúdo de um vídeo divulgado na quarta (9) pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e por Mourão. O título do vídeo é: “A Amazônia não está queimando”.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário