Pesquisa identifica que crianças sem sintomas podem carregar coronavírus por semanas

A discussão sobre o retorno das aulas presenciais nas escolas em meio à pandemia da Covid-19 ganhou novos fatos a serem considerados. Isso porquê um estudo americano sobre o potencial de transmissão do coronavírus entre crianças indica que elas podem transmitir a doença durante semanas, mesmo que não apresentem sintomas.

A pesquisa foi desenvolvida no Hospital Nacional Infantil de Washington, nos Estados Unidos.

Esse resultado fortalece o de um estudo anterior feito por cientistas de Boston que constatou que as crianças e jovens tinham cargas virais surpreendentemente altas.

Entre os dados apontados no estudo estão que 22% das crianças não desenvolveram sintomas durante toda a infecção; 20% começaram assintomáticas, mas mais tarde desenvolveram sintomas; e 58% tiveram sintomas desde o primeiro teste positivo.

Foi identificada ainda grandes diferenças no período de tempo em que as crianças permaneceram sintomáticas. De acordo com reportagem da agência Deutsche Welle, o período pode variar de três dias a três semanas, e um quinto dos pacientes assintomáticos e aproximadamente metade dos pacientes sintomáticos ainda estava transmitindo o vírus três semanas após a infecção inicial. Isso não reflete diretamente, porém, seu nível de contagiosidade.

*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário