Primeiro lote da vacina russa é lançado para uso da população

O Ministério da Saúde da Rússia anunciou ontem (7) o lançamento do primeiro lote de uso civil da vacina russa contra a COVID-19, a Sputnik V, de acordo com o site Sputnik Brasil.

Na sexta-feira (4), os resultados dos testes clínicos de fase um e dois da Sputnik V foram publicados em uma das principais revistas científicas do mundo, a The Lancet, apontando a segurança da vacina. No mesmo dia, representantes do Instituto Gamaleya e do RDIF afirmaram durante coletiva que os primeiros resultados da terceira fase de testes, com 40 mil voluntários, serão publicados entre outubro e novembro.

No dia 11 de agosto, a vacina Sputnik V recebeu a Certidão de Registro no Ministério da Saúde da Rússia, tornado-se assim a primeira vacina contra o novo coronavírus a ser registrada no mundo.

O governo da Bahia continua fazendo negociações com a Rússia em relação a vacina que o país produz. No mês passado, o governador Rui Costa já tinha falado sobre a vacina e da importância de estar em diálogo com os diversos fabricantes do produto.

Por causa do interesse, o governo assinou, na semana passada, um memorando de entendimento, para que os testes da fase três da vacina sejam feitos em 500 pessoas na Bahia. A previsão é que os voluntários comecem a receber as doses em outubro deste ano. Duzentas e cinquenta pessoas receberão a vacina e as outras 250 o placebo.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário