Anvisa inicia análise para registro da vacina chinesa CoronaVac, desenvolvida em SP


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou ontem (2) ter recebido os primeiros dados para análise da vacina chinesa CoronaVac contra Covid-19, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo.

"A Anvisa estabeleceu um fluxo contínuo que permite que os documentos sejam enviados a medida em que sejam gerados. Isso tem o objetivo de facilitar a análise e permitir que não haja atrasos nesse processo tão importante para nós", afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

Esse é o segundo pedido recebido pela Anvisa, que começou a avaliar na última quinta (1º) o registro da vacina da AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. 


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário