Banco Mundial: Coronavírus pode jogar 150 milhões de pessoas na extrema pobreza até 2021


O Banco Mundial disse ontem (7) que a pandemia de coronavírus pode levar até 150 milhões de pessoas à pobreza extrema até o final de 2021.

Em seu relatório bienal sobre o assunto, o banco disse que 88 milhões a 115 milhões de pessoas cairão na pobreza extrema - definida como viver com menos de US$ 1,90 por dia - este ano. Eliminando mais de três anos de progresso na redução da pobreza.

As novas vítimas da pobreza extrema estão em países que já têm altas taxas de pobreza, mas cerca de 82% deles estão em países de renda média, onde a linha de pobreza é definida como uma renda de US$ 3,20 por dia.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário