Brasil tem apenas 35% de vacinados contra a pólio; campanha termina nesta sexta


O Brasil atingiu, até a última segunda-feira (26), um índice de apenas 35% do público-alvo na cobertura de vacinação contra a poliomelite. Os dados são do Ministério da Saúde, e foram divulgados pela Agência Brasil. Na Bahia, esse número é de apenas 30%.

Isso significa que 4 milhões de crianças, que possuem de 1 a 5 anos, foram imunizadas contra a doença. A campanha termina na próxima sexta-feira (30) e ainda faltam 7,3 milhões de crianças para o governo atingir a meta necessária.

“Entre o público-alvo da vacinação, a maior cobertura, até o momento, foi registrada entre as crianças de 2 anos de idade (35,33%) e a menor cobertura foi entre as crianças de 3 anos (34,23%). Não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacinação. A vacina oral de poliomielite (VOP) protege contra dois sorotipos do poliovírus (1 e 3) e a vacina inativada (VIP), contra os três sorotipos (1, 2 e 3)”, informou por meio de nota o Ministério da Saúde.

Ainda de acordo com a pasta, é recomendado que crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, sejam avaliadas pelo serviço de saúde antes de tomarem a vacina. O ministério, no entanto, garante que a vacina “é extremamente segura e possui eficácia entre 90% e 95% para a VOP”.

A recomendação aos estados que não atingirem a meta é continuar com a vacinação de rotina, oferecida durante todo o ano nos mais de 40 mil postos de saúde distribuídos pelo país.


*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário