Museu do Futebol faz exposição para homenagear os 80 anos de Pelé


Para marcar os 80 anos do Rei do Futebol, a ser comemorado no próximo dia 23 de outubro, o Museu do Futebol vai reabrir suas portas nesta quinta-feira (15) para a exposição Pelé 80 – o Rei do Futebol. A exposição será realizada na sede do museu, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. A venda de ingressos será feita exclusivamente pela internet, pelo site da mostra, que tem a curadoria do cenógrafo Gringo Cardia.

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, é considerado um dos maiores jogadores de futebol da história, tendo sido eleito melhor atleta do século por diversas revistas e instituições especializadas. Seu último jogo oficial foi em 1977, com a camisa do Cosmos. Como jogador, Pelé eternizou a camisa 10 da seleção brasileira, conquistando três Copas do Mundo. Pelé também foi campeão mundial pelo Santos e autor de 1.282 gols em sua carreira.

A exposição do Museu do Futebol é lúdica e tem início com a instalação de uma enorme escultura de Pelé logo na entrada do museu. A escultura antecede a apresentação de uma animação feita especialmente para a mostra, com 444 imagens históricas que cobrem desde os primeiros anos de Pelé na cidade de Três Corações (MG), passando pela conquista da Copa de 1958; pelos 18 anos em que defendeu a camisa do Santos; e, por seu último jogo, defendendo o Cosmos, em Nova York.

Para encerrar a exposição, a instalação As Quatro Seleções de Pelé homenageia os times nacionais em que ele fez história. E no túnel que dá acesso ao gramado do estádio, uma instalação sonora vai contar a história da relação entre Pelé e o Pacaembu – ambos nascidos em 1940 e completando 80 anos em 2020.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário