Nasa encontra moléculas de água na superfície da Lua


A Nasa, agência espacial dos Estados Unidos, anunciou ontem (26) que um estudo do observatório Sofia confirmou a existência de moléculas de água na superfície da Lua, após indícios levantados por pesquisadores desde a década passada.

Segundo os cientistas, a água encontrada no satélite está espalhada pela superfície da Cratera Clavius, uma das maiores crateras visíveis da Terra, com moléculas presas em grãos minerais.

"São apenas as moléculas de água – porque estão tão espalhadas que não interagem umas com as outras para formar gelo ou estar na forma líquida" explica a pesquisadora Casey Honniball. 

De acordo com o G1,  os cientistas supunham que a superfície da Lua estava seca até a década de 1990, uma vez que o satélite não tem atmosfera capaz de proteger o solo dos raios do Sol.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário