Para Bolsonaro, Brasil teve 'mais sucesso que exterior' no combate à pandemia de Covid-19


Para o presidente Jair Bolsonaro, o Brasil se saiu melhor do que o exterior no combate à pandemia da Covid-19. O país é o terceiro mais afetado no mundo e soma 5,1 milhões de infectados e 150,9 mil mortos pela doença. Segundo o mandatário brasileiro, o país se saiu ainda melhor em relação a condução das ações da pandemia depois que ele "colocou um general lá", ao se referir ao Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello. 

A declaração foi dada nesta última quarta-feira (14) durante a posse virtual do quinto mandato do presidente da Federação do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Gouveia Vieira.

Na ocasião, o presidente Bolsonaro reforçou o argumento de que houve superdimensionamento da pandemia, e que desde o início alertou que havia dois problemas: o vírus e o emprego. "Graças ao bom ministério que montamos implementamos medidas que mitigaram efeitos colaterais da pandemia", afirmou por teleconferência com a diretoria empossada. "Se tivesse embarcado na onda do 'fica em casa e a economia a gente vê depois', teria afundado mais ainda", comentou o presidente.

O trabalho realizado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi classificado como "excepcional" por Bolsonaro, que ainda enfatizou que a economia está se recuperando "de forma muito melhor do que poderíamos esperar".

"A economia está se recuperando de forma muito melhor do que se deveria esperar. Conversei com Paulo Guedes e se o número de empregos este mês se aproximar do que aconteceu no mês passado é que a economia efetivamente pegou", finalizou Bolsonaro.


*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário