SAJ: Pai de jovem supostamente agredido pelo prefeito se pronuncia: ‘Essa não deveria ser a atitude de um prefeito, pois quem comanda, jamais pode perder o controle ou o equilíbrio’

O professor João Batista, pai de João Marcelo, jovem que dirigia o veículo que suspostamente seguia o carro do prefeito na noite de domingo (18). João Batista  se pronunciou em defesa do filho e afirmou que o jovem foi coagido pelo gestor e por seus assessores.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, João Batista reafirma que Marcelo foi agredido física e verbalmente. Ainda conforme o professor, no veículo estavam Marcelo, a namorada além de outras duas pessoas.

“Condeno e repudio qualquer tipo de agressão. Falo não só como pai, mais como educador. Essa não deveria ser a atitude de um prefeito, pois quem comanda, jamais pode perder o controle ou o equilíbrio”, disse.

João Batista finaliza o vídeo agradecendo o apoio que tem recebido e sinaliza que tanto o filho quanto os demais envolvidos, apesar de abalados com a situação, estão bem.

blogdovalente

Nenhum comentário:

Postar um comentário