Trio é preso suspeito de usar documentos de servidores públicos para pegar empréstimos bancários em Salvador


Um casal suspeito de utilizar documentos de servidores públicos para adquirirem empréstimos bancários foi preso na quinta-feira (1º), em uma agência bancária no bairro da Pituba, em Salvador. Segundo a Polícia Civil, o comparsa deles foi preso no bairro de Águas Claras.

Conforme a polícia, as apurações apontam que os golpes do trio podem chegar ao valor de R$600 mil, porque, além dos empréstimos, eles utilizavam cartões de crédito em nome de terceiros para comprar eletrônicos.

De acordo com a Polícia Civil, o casal foi preso em flagrante quando a mulher tentava se passar por uma funcionária da Secretaria da Fazenda do Estado, enquanto o homem a aguardava na saída do banco para fugirem.

O suspeito preso em Águas Claras tem diversas passagens pela polícia e é apontado como o responsável por conseguir os dados das vítimas. Levados para o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), os três foram autuados em flagrante por associação criminosa, falsidade ideológica e falsificação de documento público e tiveram as prisões solicitadas à Justiça.

A Polícia Civil informou que as investigações continuam para localizar os outros integrantes da quadrilha.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário